Blog da Cidha Cunha

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Hibisco...delicioso e mantem a forma

CHÁ DE HIBISCO


Se você sente aquela indisposição e cansaço de vez em quando,sem vontade de estudar:
Uma dica é tomar um delicioso chá gelado de hibisco.

Coloque um pouco num copo com aguá fervente e deixe na geladeira por algumas horas(umas duas horas+ou-),
A água vai ficar avermelhada,depois pingue umas gotinhas de limão e se quiser umas folhinhas de hortelã,além de ajudar a combater a canseira, auxilia na redução de barriga e quadris,sem contar que ajuda a retardar o envelhecimento da pele.Então é muito bom!Não precisa colocar açucar e é muito refrescante.


FIQUE SABENDO QUE...

chá de hibisco é preparado com o cálice do botão seco da flor chamada Hibiscus Sabdariffa, que não é aquela espécie de hibisco normalmente encontrada nos jardins. Devido a esta planta, a bebida é rica em substâncias antioxidantes como flavonoides e ácidos orgânicos. Estes nutrientes proporcionam diversos efeitos benéficos, entre eles, a ação diurética, impedindo a retenção de líquidos, e a capacidade de evitar o acúmulo de gorduras, principalmente na região da barriga e quadris.  

Este último ocorre porque o chá reduz a adipogênese, processo no qual ocorre a maturação de células pré-adipócitas que se convertem em adipócitos maduros, capazes de acumular gordura no corpo. 
Outros estudos apontam que alguns flavonoides presentes na bebida possuem um efeito cardio protetor e vasodilatador. Assim, as substâncias ajudam a aumentar o colesterol bom, HDL, diminuir o colesterol ruim, LDL, triglicerídeos e a pressão arterial. 


UMA DELÍCIA PARA O VERÃO! ;)

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Muito cuidado ao puxar uma criança pela mão ou antebraço!

Pronação dolorosa


É um pequeno deslocamento da cabeça do rádio em relação ao ligamento anular. O rádio é um dos ossos do antebraço e cabeça do rádio é a porção deste osso que participa da articulação do cotovelo. O ligamento anular envolve a cabeça do rádio como um anel. Esta lesão ocorre em crianças menores de cinco anos, devido à consistência mais elástica dos ligamentos e ao desenvolvimento ósseo incompleto.
A história é quase sempre a mesma. A criança é puxada pela mão ou pelo antebraço; por exemplo, quando a mãe segura a criança para que esta não saia correndo pela rua, ou quando a criança é balançada pelos braços.



• SINAIS E SINTOMAS:
Eventualmente pode-se ouvir um pequeno estalo quando ocorre a lesão. A criança começa a chorar imediatamente e permanece com o braço imóvel ao lado do corpo, com o cotovelo dobrado. Normalmente após algum tempo a criança para de reclamar, desde que não movimente o braço ou toquem em seu cotovelo. Algumas vezes é possível que a criança com pronação dolorosa se queixe de dor no ombro ou punho.


• COMO TRATAR?
Leve a criança para o hospital o mais rápido possível. O ortopedista irá colocar o osso de volta em seu lugar, normalmente sem a necessidade de nenhum tipo de anestesia. Este procedimento é bastante simples, mas deverá ser realizado apenas por pessoas treinadas. Algumas vezes é possível que o problema se resolva espontaneamente antes da chegada ao hospital.
Logo depois do procedimento os sintomas desaparecem e a criança volta a mexer o braço normalmente, sem dor. Habitualmente não há necessidade de nenhum tipo de tratamento depois da redução. Porém, em alguns poucos casos, o ligamento pode ter um
pequeno rompimento e a criança continua com sintomas mesmo após a redução. Nestas situações deve-se usar uma tala para imobilizar o cotovelo até a cicatrização do ligamento, usualmente 1 semana ou pouco mais.
Algumas crianças têm maior predisposição a esta lesão e os episódios podem ser recorrentes. Isto não é motivo para preocupação, pois as lesões devem cessar com o crescimento da criança, não deixando nenhuma sequela.
Esta lesão ocorre em crianças com idade média entre 2 e 3 anos, sendo que o lado mais acometido é o esquerdo, e 65 % dos casos acontecem em meninas. A história é quase sempre a mesma. A criança é puxada pela mão ou pelo braço (quando a mãe segura o pequeno para que ele não saia correndo pela rua, ou quando a criança é balançada pelos braços), ocorre a subluxação do ligamento anular da cabeça do rádio, e acontece em crianças pequenas. Elas sofrem uma tração (puxão) longitudinal súbita no membro superior com o cotovelo em extensão.
A dor inicial diminui rapidamente e a criança reluta em utilizar o braço, que permanece ao lado do corpo, com o antebraço pronado (virado). Na tentativa de mexer o braço a criança sente dor.
Geralmente não há necessidade de radiografias antes da redução (ato de exercer tração sobre os membros de forma adequada para que os ossos voltem à posição normal), somente nos casos em que, após o procedimento, a criança permanecer com dor, o que sugere outras lesões.
A redução é feita com criança sentada, segurando o antebraço com cotovelo em semiflexão e colocando o polegar sobre a região lateral do cotovelo.
Imobilização: no primeiro momento após a redução, se a criança estiver confortável e utilizando o braço, não será necessária a imobilização. Já nos casos recorrentes, deve-se fazê-la, com uma tipoia por 3 a 4 dias. Os pais ou cuidadores precisam de orientação sobre o mecanismo que produziu a pronacão dolorosa e evitá-lo.


• PREVENÇÃO:
Evite puxar a criança pelas mãos conforme explicado anteriormente, especialmente se esta já tem história de pronação dolorosa. Neste caso oriente também a babá, os parentes e as outras pessoas que terão contato com a criança.Evite também manipilar o braço da criança,principalmente quando há um relato de trauma ou do choro







Fonte: Baseado no texto do autor no livro: Manual de Urgências e Emergências em Pediatria. Hospital Infantil Sabará – Ed. Sarvier Categoria: Medicina / Pediatria e Puericultura ..... Pronto-atendimento em Pediatria - 2ª Ed. 2006

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Massinha de modelar ....brincando também se aprende!


 Ensinando as cores com massinhas

     
As crianças começam a aprender as cores manuseando massinhas. Elas perceberão que, ao misturar uma cor com a outra ela estará clareando a cor, escurecendo ou mesmo criando uma cor nova.
       As atividades deverão ser propostas de acordo com a idade das crianças. Devemos  ter em mente que na Ed. Infantil elas estão tendo seus primeiros contatos com os materiais expressivos, não possuem grande desenvolvimento de habilidades, portanto, os resultados nem sempre serão belos. O que importa é que cada um se expresse da melhor maneira possível que conseguir.
        Na Educação Infantil trabalhe as cores primárias (puras) e secundárias (misturadas).
        No início da Ed. Fundamental I trabalhe monocromia e policromia.
        A partir do 3º ano do Ensino Fundamental I, trabalhe cores quentesfriascontrastantes, etc.


 Cores primárias  – Peças aos seus alunos que representem as cores primárias.


 Cores secundárias – Fale aos seus alunos que duas cores primárias juntas, formarão uma nova cor (secundária). Peça que façam essa experiência



Receita:
MASSINHA DE MODELAR

 
ingredientes
-4 colheres de sopa de farinha de trigo
-3 colheres de sopa de água
-1 colher de sopa de sal
-1 colher de sopa de vinagre
-1 colher de sopa de guache (da cor que preferir) ou  anilina
comestível (diluída na água ou leite).


MODO DE FAZER
Misture todos os ingredientes em uma bacia, depois amasse com as mãos até a massa ficar bem lisinha.

ATIVIDADE


-Entregar uma cor e uma quantidade necessária para a modelagem de cada parte da figura: para a cabeça um pequenina porção rosa claro e pedir que façam uma bolinha, depois apertem para virar uma bolachinha e em seguida colocar sobre o papel; para o tronco ou camisa a mesma coisa;
-Para membros ou partes duplas entregar uma porção minúscula e pedir que façam uma cobrinha e dividam em duas partes para os braços; fazer o mesmo com olhos, orelhas, pernas ou calças, sapatos etc
É importante que cada cor e que cada parte seja orientada separadamente, uma de cada vez como se o todo estivesse sendo desenhado para que a figura fique legível.
As cores de roupas, cabelos podem ser escolhidas pelas crianças, mas o professor precisa dar uma quantidade pequena, o suficiente para cada parte, caso a criança precise de mais um pouco avalie se ela distribuiu corretamente a massa, se é possível dividir novamente ou se é melhor entregar-lhe mais massa.

Para que a figura fique fixa no papel e não mofe é necessário aplicar uma camada generosa de cola sobre ela, espalhar principalmente nos catinhos e encontros da massa com o papel e deixar secar.

As crianças podem modelar as letrinhas do seu nome com ou sem o auxílio de fichas..
Seria legal,também a confecção de figuras de temas que estão sendo trabalhados no dia, modelagens de animais, corpo humano, elementos da natureza etc.
















terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

INÍCIO DAS AULAS, COM LEMBRANCINHAS É TUDO DE BOM!





O legal dessa lembrancinha é que vira um porta  trcos...ou porta joias p/ meninas.

EU EMBRULHEI DOIS BIS COM PAPEL LAMINADO E COLOQUEI DENTRO FICOU UMA GRAÇA




PARA OS MEUS ALUNOS ,EU COLOQUEI BALAS DE GOMA COLORIDAS...FICOU SHOW.


MAIS LEMBRANCINHAS..

Projeto Copa do Mundo 2014




Justificativa

O futebol é uma das maiores paixões do povo brasileiro. Mesmo ganhando ou perdendo as pessoas continuam com a paixão. Quando se fala de Copa do Mundo todos ficam atentos para torcer por seu país, não importa onde está todas as nações se unem e acompanham este grande evento.

Objetivo Geral

O desenvolvimento deste projeto mostrará para o aluno a diferença entre os países, em relação ao modo de se vestir, alimentação e música.
O desenvolvimento deste projeto tem em vista um trabalho interdisciplinar. É possível desenvolver diversos conhecimentos através deste evento, pois o futebol tem um grande espaço em nossa cultura e é preciso lembrar que um evento como a Copa reúne vários países sem a descriminação das diferenças como: raça, religião, classe social etc.

Objetivos Específicos

- Divulgar, valorizar e conhecer as culturas do Brasil, e de alguns paises classificados organizar trabalhos em grupo e apresenta-los. Visualizar danças, músicas, comidas, roupas e pontos turísticos tradicionais de cada país;
- Identificar os países através da bandeira e cores;

- Compreender e Respeitar o trabalho coletivo.

Período de Realização: Março à Agosto 2014.

Apresentação do Projeto: 24/08/2014

Metodologia

- Será usado o laboratório de informática e data show.
- Exibição de fotos dos países e vídeos de futebol.

Passeio do 2º Bimestre

- Visitar um campo de futebol

Temas transversais

Ética: Abordagem da união dos povos através da copa, respeito entre os alunos e as regras, trabalhar o conceito de que nem sempre se vence. Através das derrotas traçamos novas estratégias.

Meio Ambiente: Observar os lugares e as mudanças por causa da copa (enfeites), localizar pontos positivos (torcida) e negativos (sujeira).

Pluralidade Cultural: Verificar se possui costumes dos outros países que nós herdamos. Pesquisar alguns ídolos e montar um painel dos ídolos do futebol da vários países.

Matemática

- Construção de um campo de futebol para localizar as formas geométricas;
- Quantidade de jogadores no campo de futebol.

Língua Portuguesa

- Hino Nacional (confecção do hino com figuras relacionadas às palavras).

Artes

- Criação de um mascote para a sala;
- Reprodução de uma obra de Candido Portinari – Futebol;
- Música Partida de Futebol do Skank;
- Confecção de 1 jogador de futebol do país trabalhado.




Desenvolvimento do Projeto


1ª Atividade

Em um primeiro momento será realizada a seguinte pergunta:
Qual o significado da copa para a família?

Para iniciar o projeto será apresentado o Globo terrestre para mostrar que existem muitos lugares e que cada parte colorida tem um nome, será identificado o Brasil. Após a identificação será mostrada imagens sobre costumes, músicas, comidas e pontos turísticos.
Os alunos irão confeccionar a bandeira do Brasil que ficará exposta na sala (serão identificadas as cores e formas geométricas).

Material: Globo terrestre, 1 papel cartão branco, guache (verde, azul, amarelo, branco).

2ª Atividade

Será realizada uma roda de conversa perguntando para os alunos “O que é futebol?” Cada resposta será anotada para a confecção de um painel.
Após a roda os alunos irão ver vídeos de crianças, personagens e animais jogando bola.

Material: Cartolina, Data show.

3ª Atividade

Através do Globo terrestre os alunos em equipes escolherão dois países e identificarão suas respectivas localizações.
Após a localização será confeccionada a bandeira do país que ficará exposta na sala (serão identificadas as formas geométricas e as cores).

Material: Papel Cartão Branco (2), guache (azul, verde, vermelho, branco).

4ª Atividade

Conhecimento das músicas de determinado pais, momento de muito aprendizado para o conhecimento de um novo ritmo musical.

Material: Som e música.

5ª Atividade

Conhecendo um pouco da cultura desses países como: costumes, roupas e pontos turísticos. Através de fotos e vídeos.

Material: Data show.

6ª Atividade

Culinária: os alunos irão conhecer um pouco das comidas típicas :

Copiar receita,Ingredientes e modo de preparo...repassar em sala e produzir para o lanche coletivo.


7ª Atividade
Passeio para o Campo de Futebol. Os alunos terão um momento de diversão e conhecimento para conhecer como é um campo e o que te nele: grama, trave, riscos no chão, formas geométricas, arquibancada etc.

8ª Atividade

Confecção do campo de futebol os alunos irão pintar a roupa dos jogadores com tinta plástica em pequenos bonecos de plástico. Em uma caixa de terra será plantada sementes de capim para a reprodução do campo.

Material: Caixa de Madeira, semente de capim, boneco de plástico, tinta plástica.

9ª Atividade

Confecção do jogador o Brasil . Será desenhado no papel cartão branco e pintado com tinta, cada aluno pintará uma parte do jogador. Para do desenvolvimento da coordenação motora e o trabalho em grupo.

Material: Papel cartão branco , guache (amarelo, azul claro, azul escuro,verde e branco).

10ª Atividade

Confecção da bola de futebol: os alunos pintarão a bola de isopor para reproduzir a bola de futebol. Este será um trabalho em grupo, para o desenvolvimento da coordenação motora e da criatividade.

Conhecendo a história da bola de futebol "BRASUCA"
 Material: Bola de isopor E  guache . 

11ª Atividade

Reprodução da obra “Futebol” de Cândido Portinari através da colagem dos personagens que aparece na obra, será realizada em papel colorido. Será realizada a obra por ter nascido no Brasil, seus pais eram imigrantes Italianos e viaja para Paris. Reúne os 3 países podendo ser trabalhados na pesquisa.

12ª Atividade

Confecção da lembrança: os alunos irão confeccionar uma mini-taça para levar no dia. Os alunos irão confeccionar a base com biscuit colorida e bolinha de isopor. Os alunos desenvolverão o movimento de amassar e a criatividade.

Material: Biscuit colorida (20), Bolinha de isopor (20 Peq. – Ping-Pong).

13ª Atividade

Pesquisa para os pais realizarem com os filhos: será solicitado para os pais que observem e anotem quais são as mudanças nos locais por causa da copa? Se possível tirar uma foto da família ou do aluno em um momento de jogo ou em algum local que tenha objetos de decoração da copa.

Material: Pesquisa dos pais.

14ª Atividade

Reprodução dos pontos turísticos:
-) Desenvolvendo a criatividade e a montagem de uma maquete.

Material: Placa de Isopor (2 Grossa), gel, argila, paisagem.

15ª Atividade

Montagem do jogo da memória com a bandeira dos países trabalhados com caixa de leite e barbante.

Material: Caixa de leite (6), barbante, bandeiras (EVA).

16ª Atividade

Recorte de torcedores da copa. Os pais enviarão diversas figuras de torcedores para a montagem da arquibancada para o campo de futebol. Serão trabalhadas as expressões faciais (feliz, triste, gritando).

17ª Atividade

Confecção do Hino Nacional com figuras. Será desenvolvida a linguagem oral e visual através das imagens.

Material: Hino Nacional, Figuras, cola, papel cartão branco (2).

18ª Atividade

Confecção do mascote, pra acompanhar durante todo o projeto. FULECO

Material:  Tesoura, cola para EVA sugestão (Fernando Bond)

19ª Atividade

Confecção da lembrança: os alunos irão confeccionar uma mini-taça para levar no dia. Os alunos irão confeccionar a base com biscuit colorida e bolinha de isopor. Os alunos desenvolverão o movimento de amassar e a criatividade.

Material: Biscuit colorida (20), Bolinha de isopor (20 Peq. – Ping-Pong).

Avaliação 
Será feita através de Registro e notas,criatividade,participação, organização e pontualidade. 

Exposição dos trabalhos: Festa das nações..
Poderá ser feito um desfile com roupas tipicas dos paises e gincana para toda a equipe escolar..

Algumas atividades:









 Lembrancinhas:






FULECO



CLIQUE AQUI E CONFIRA :ATIVIDADES SOBRE A COPA

sábado, 1 de fevereiro de 2014

As aulas começam...e a criançada vai amar...faça a sua parte!!!

 O que encontraremos nas paredes?


O que mereça ser registrado e ser lido pelas crianças.



 Mural: é um quadro preso à parede. Nele podemos organizar os trabalhos das crianças, ou enfeitar de acordo com o projeto desenvolvido. O mural é um espaço que deve ser modificado periodicamente.



Cartaz: ele comunica algo que esteja sendo estudado, deverá ficar na altura dos olhos das crianças. Os cartazes podem compor um "blocão", organizando as folhas de forma que fiquem presas na parte superior.










Calendário: pode-se trabalhar com calendário semanal, mensal e anual. Ao utilizar o calendário com a criança, ela percebe a sequência dos dias, semanas, meses e a passagem de tempo ao longo de um ano.




Aniversariantes: pode ser um cartaz com todos os aniversariantes, ou mensal. Também pode estar organizado no mural.




Combinados: são as regras de convivência da turma. Gosto de imprimir e deixar em local que possa ser consultado pelas crianças e por mim quando há necessidade de "relembrar".




Alfabetário: são as letras do alfabeto organizadas, geralmente, na horizontal para facilitar a leitura. É um importante material de apoio.


Faixa numérica: são os numerais de 0 a 9; o número está associado à quantidade (elementos). Também é um material para consulta.

Dependendo do projeto, pode-se pendurar pela parede: mapas, cartazes do corpo humano, ou sobre temas específicos (animais, plantas, etc).




espelho serve para atividades específicas ou mesmo para que se vejam. As crianças adoram um espelho!


O cartaz de boas vindas do início do ano pode ser renovado a cada período, como novos temas.

Saindo da sala, as crianças deverão contar com espaço para brincadeiras ao ar livre.Se chover, mude a organização das mesas,crie mais espaço em sua sala e faça as brincadeiras mais divertidas.









O professor pode tornar sua
"sala do tamanho do mundo"!